Artigos para Autorreciclagem

Um Grito de Alerta - O Mau Comportamento Infantil...

O progresso consciencial humano parece limitar-se a capacidade de organizar seus problemas de modo a nunca perdê-los de vista...
"Paciência é um atributo pessoal que também se Aprende..."
Grito de Alerta

IRRITAÇÃO e FRUSTRAÇÃO, reações comuns de um Adulto diante das eventuais ações de Crianças mau comportadas, tendem a agravar ainda mais esse Mau Hábito, criando assim um verdadeiro Círculo Vicioso que apenas tende a perpetuar essa postura.

Esse pequeno episódio, talvez comum na vida de muitos, bem que poderia servir como ilustração...

"O Princípio da Dúvida ainda é o melhor aliado da boa Cognição..."

Examinando a Questão do Mau Comportamento Infantil...

Nunca é demais lembrar que, nenhuma criança aprende alguma coisa, o que quer que seja, sem uma fonte que possa lhe servir de referência. Essa fonte pode ser um adulto, um irmão mais velho, a televisão, um livro ou revista em quadrinhos, e assim por diante.

Engana-se quem considera como informação cognitiva apenas as coisas úteis. Vale esclarecer que instrução, que é o meio pelo qual se aprende qualquer coisa, pode ser tanto de natureza negativa quanto positiva. E esse conhecimento na mente imatura de uma criança, independente de origem ou conteúdo, é sempre aprendizado, uma vez que servirá como orientação, esclarecimento, sugestão de como fazer, embora o discernimento não faça parte do pacote.

Veja o exemplo dos jovens, ou mesmo adultos, muitas vezes supostamente já esclarecidos, e ainda assim vulneráveis às correntes negativas; ainda sujeitos aos condicionamentos patológicos, como o são os vícios pelas drogas, pelo jogo, e outros desvios morais. Agora imagine a mente de uma criança, um terreno vazio, sem uma gota de discernimento, uma casa onde qualquer um tem livre acesso, um livro com suas páginas ainda em branco, onde se pode escrever qualquer coisa.

Maus hábitos se apreende primeiramente em casa, e depois são aperfeiçoados na rua. Sem predisposição para a coisa, o processo não vai adiante. Assim, tendo o exemplo, a sugestão, a referência, a incitação que surge a partir da interação familiar, de fonte confiável, na maioria das vezes dentro de sua casa, logo encontrará na rua o apoio de que precisa para dar continuidade à prática na qual já foi iniciado.

Pais que não se posicionam abertamente contra um mau hábito diante dos seus filhos, sendo que eles próprios precisam servir de exemplo, também, de forma indireta, estão apoiando os desvios comportamentais. Se a ideologia praticada em nossa casa, pelos nossos pais e irmãos mais velhos não for coisa construtiva, profícua e edificante, logo, o mundo lá fora se encarregará de contaminar aquela criança com suas ideias e posturas bizarras.

Com o bom exemplo assimilado em casa, e nesse caso as palavras só não bastam, nada do mundo lá fora será capaz de desviar a conduta dos nossos filhos. Bom exemplo significa boa ética e atitude pessoal reta, assim como o firme posicionamento contra as deformações sociais e manias espúrias, e o mais importante, a presença diária no convívio com os filhos. Diante de tudo isso, eles estarão encapsulados, blindados, contra o forte assédio das influências negativas que brotam de todos os lados na sociedade patológica onde vivemos.

Outras Matérias que Recomendamos...